Sobre mudanças

Minha mãe tem uma frase ótima: a gente tem que se acostumar com as coisas boas, é bem mais fácil.

É verdade. Então por que parece tão complicado sair de uma situação ruim?

Vejo muito mimimi conformista. Não sei se é medo, se é a comodidade do “tá ruim, mas tá bom”…as pessoas não questionam mais, sofrem e remoem todo o ressentimento, mágoa.

Todos são capazes de enxergar um comportamento abusivo, uma síndrome de pequeno poder, maldades em série. Mas cadê a rebeldia , a revolução francesa pela igualdade, liberdade e fraternidade ?

Um dia, canalizando todo o estresse de um dia realmente ruim, onde aquela última gotinha d´água transbordou o copo, a ficha caiu. Preciso fazer algo para mudar. Mudar de ares, circular, ir atrás do que me faz feliz, buscar a companhia dos que me querem bem.

As ideias foram concatenando naturalmente, planos virando ações. Colocando muito amor , vontade e fé em cada movimento. Fiz um curso que ensinava que devemos buscar agradecer no mínimo 10 pessoas, cada uma por um motivo. Inspirada por uma amiga que não aguentava mais ler desgraça e reclamações na timeline do facebook, resolvi fazer 21 dias de gratidão.Finalmente, as coisas começaram a fluir, e tudo ao redor foi mudando.

Nunca pensei que enfrentaria tantos medos em tão pouco tempo. E que as respostas aos meus anseios seriam positivas. E talvez nunca descobriria se não desse o primeiro passo para mudar.

 

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s