Todos os cães merecem o céu (em memória de Hookie)

Uma notícia me deixou muito triste: Hookie, o pai do meu cachorro Kenon, morreu ontem. Minha mãe me contou chorando, e eu to aqui debulhando lágrimas também 😦
Eu o conheci já adulto, meu irmão sempre contava altas histórias dele, as palhaçadas, as brincadeiras, o modo como ele sempre esperava o dono (até em porta de Shopping!).
Quando o pai do meu amigo anunciou que iria comprar uma fêmea (Dori) para Hookie perpetuar sua espécie de Akitas dourados e espertos, meu irmão quis ficar com um dos filhotes. A condição primeira era que ele fosse macho se se parecesse com o pai.
Segundo meu irmão, Kenon foi o escolhido por ser o mais gordinho, mais fortinho estar com as orelhinha em pé (os irmãos pareciam coelhos com orelhas caídas) e pela grande semelhança com Hookie.
Num aniversário, Hookie ficou em casa, na sacada, superobediente!
Lembro direitinho quando Rui nos contou que o Hookie não comia banana , rimos muito porque o Kenon não pode nem com o cheiro da banana também, rs.
Kenon herdou do pai o porte, o jeito brincalhão de filhote e a lealdade. Espero que ele supere o pai em longevidade (Hookie viveu 12 anos, deixa esposa e 8 filhotes…).

Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s