O semáforo, o diagnóstico e a Lei das Compensações

A maioria das pessoas pensam que sinal amarelo significa: "passa logo que dá tempo"…na verdade, quer dizer: "atenção, pare!"
O trânsito, assim como a vida, pode se tornar caótico quando desgovernado.
Quantas vezes alguém já sinalizou na sua frente que ia virar à direita, mas vai para o sentido oposto?
Mesmo sendo uma pessoa atenta, não há bola de cristal, né? Temos que ter o caminho na cabeça, saber onde vamos…mas vamos nos deparar com verdadeiros pilotos hábeis e gentis no trânsito ou com figuras que mal lembram o que comeram ontem e dirigem como se não houvesse amanhã. Podemos supor que ele quer entrar na sua frente, mas e se não entrar? Ora, você foi gentil, cedeu espaço, fez sua parte…o cara te fechou…um minuto de chateação (com tantos sentimentos rolando, não tem por quê fazer tempestade em copo d`água: tanto no trânsito quanto na vida).

É importante  conhecer, prestar atenção na expectativa alheia e saber se o farol está aberto, num reflexo!Errou o caminho? Sempre tem um retorninho, ou um posto de  gasolina para perguntar "como faço para sair daqui?"

O sinal abre, você continua dirigindo…

Um professor de farmacologia sempre nos dizia em aula: quem não sabe o que procura, não diagnostica o que acha; é uma proposição que pode ser aplicada à nossa vida também. Diagnóstico é algo complexo, não se fecha sem exame clínico, anamnese, exames complementares e delineamento de prognóstico. Não pode tratar tudo com  o mesmo remédio…sem falar que, às vezes, o medicamento certo pode dar alergia…ou efeitos colaterais.
E para fechar, algumas pérolas do estilo "auto-ajuda só atrapalha?nem sempre,rs": tudo termina bem quando começa bem; quando uma porta se fecha; abre-se uma janela; peça e será atendido. O que fazer com tudo isso? Eu acredito que pensamento+palavra+ação=atitude! Que engraçado pensar em como a gente pode se surpreender quando o texto sai do script… o inesperado é bom também, é o destino dizendo que o melhor está por vir!
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para O semáforo, o diagnóstico e a Lei das Compensações

  1. marcela disse:

    Muuuuuuiiiittttooooo bom!! Adorei!!!!!Vc escreve muito bem!!Bjsss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s