A difícil arte de amar e ser amada

Não isto não é filosofia barata…nem papo de analista. Mas vejo tanta gente desesperada (essa é a palavra) por atenção, a ponto de esquecer que para ser feliz, é preciso se conhecer bem, saber seus limites para não se arrebentar lá na frente.
O ser humano não foi feito para ficar sozinho. Mas o ser humano com inteligência emocional nunca vai aceitar as migalhas de amor do outro: "ou dá ou desce", como disse uma amiga, hahaha.
Por isto, resolvi escrever uma lista básica, até meio óbvia, de como saber se vai dar samba de gafieira (ou se vais dançar solo,rs)
1) Você sabe exatamente o que quer p sua vida? Meio caminho andado se tiver sonhos e projetos
2) Vai fazer o que te faz feliz, numa dessas se conhece gente igualmente feliz!
3) Enterre o passado beeeeeeeeeeeeeem enterradinho. Ok, o cara foi importante, não deu certo, deseje o melhor p ele e bye-bye (se ele fosse tudo isto, vcs estariam casados). A menos que vc queira ser um museu de paleontologia cheia de homo stupidus…e ficar falando dos mesmos p cada pessoa que aparecer é no mínimo, chato!!Acredite, ninguém quer saber a respeito!!!
4) Dê uma chance aos paquerinhas que surgirem. Se não vingar a história, ao menos vc tentou e ainda se divertiu um pouquinho. Só não se amarre a quem n tem nada a ver com vc, isso é desperdício de tempo!
5) Faça um marketing pessoal básico: chega p turma e diga: "quero namorar, mas tem que ser alguém c pedigree".
6) Cuide-se bem, em todos os sentidos, se vc n se mar, quem vai?
Anúncios
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s